Acontece FAN

Ex-aluno de Direito da Faculdade Nobre é aprovado em concurso para juiz do TJ-BA

O ex-aluno do curso de Direito da Faculdade Nobre, Felipe de Andrade Alves, foi aprovado no concurso para juiz do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). Felipe teve a sua colação de grau realizada em 2015, ou seja, é formado pela FAN há cinco anos.

Agora juiz, Felipe Alves revela o sentimento de muita felicidade ao saber que foi aprovado no concurso. Ele comenta ainda sobre a sua colocação no processo. “O sentimento é de muita felicidade e sensação de dever cumprido. Passa um filme na cabeça e chego à conclusão de que tudo valeu a pena. Há 5 anos me formei, e hoje realizo um sonho. Quanto à classificação, eu fiquei em 7º lugar em relação à minha nota na prova oral, na lista pela qual concorro. Ou seja, não se trata da minha classificação final no concurso, pois a mesma ainda será definida após o julgamento dos recursos quanto à pontuação dos títulos”, ressaltou.

Felipe ainda destaca a importância desse momento para a sua carreira e para a sua vida. Para ele, uma série de grandes desafios o esperam, e ele está bastante motivado. “Esse marco tem uma importância ímpar na minha vida, pois se trata do encerramento de um ciclo (estudos para concursos). Agora, irei trilhar uma nova trajetória, com muitos desafios pela frente, o que me deixa super motivado”, disse. O ex-aluno não deixou, é claro, de engrandecer a Faculdade Nobre nesse processo. Segundo as suas palavras, a FAN tem fundamental participação nesse acontecimento. “Penso que a FAN foi fundamental para a construção da minha base jurídica nas principais matérias do concurso, com destaque para as disciplinas de Direito Constitucional e Administrativo, as quais, inclusive, hoje eu leciono. O corpo docente era composto por ótimos profissionais, que ajudaram a despertar em mim o gosto pelo estudo do Direito. Além disso, tive uma excelente turma, com colegas que me incentivaram a estudar para concursos e isso também foi de suma importância na minha jornada até a aprovação no certame da magistratura baiana”, completou.

Gustavo Checcucci, diretor acadêmico da FAN, comenta sobre a felicidade de ver um ex-aluno da casa conquistando tamanho prestígio. “Seguramente, frutos colhidos de uma instituição e um corpo discente que acreditam e investem na educação. A FAN tem, em sua trajetória, a qualidade e a busca incessante por inovar, e isso tem como reflexo uma atmosfera muito próspera que inspira e reforça o potencial dos nossos alunos. Felipe Alves é resultado desse processo e certamente será inspiração para muitos, e assim os ciclos se renovam na FAN de forma crescente e positiva”, concluiu.

Conecte-se com a FAN

FAN